fbpx

Cursos livres SENAI: Sua especialização pessoal

Cansado sempre das mesmas coisas e a monotonia de conhecimento? Com os cursos livres SENAI você poderá se especializar pessoalmente.

São quase 1000 cursos livres SENAI disponibilizados gratuitamente a toda a população. Dentre os cursos você encontrará a modalidade presencial e a distância.

 

O SENAI

O SENAI é um instituição de ensino sem fins lucrativos apontado pela a ONU como uma das mais importantes no hemisfério sul.

O SENAI tem como foco a capacitação industrial/tecnológica, contudo a mesma ainda oferece demais cursos. Sendo assim a empresa é capacitativa, onde ela ingressa diversos jovens ao mercado de trabalho qualificado.

Isso porque o SENAI é referência em formação de qualificação profissional para industrial/tecnologia.  Além disso o SENAI concede diplomas para todos os seus curso, para que assim o mesmo tenha validade.

 

Cursos

Os cursos livres SENAI são diversos chegando em torno de 1000 cursos. Dentre esses cursos eles estão dentro das seguintes áreas:

  • Alimentos e bebidas.
  • Automação: Manufatura, instrumentação, mecatrônica.
  • Automotiva: Eletricidade, eletrônico embarcada, mecânica, pintura, reparação.
  • Formulador de composto de borracha.
  • Construção civil: Geral e edificações.
  • Couros Calçados.
  • Tecnologia educacional.
  • Eletroeletrônica: Eletricidade, eletrônica, eletrotécnica.
  • Energia.
  • Energia GTD.
  • Energia Renovável
  • Gestão: Administração industrial, gestão da produção, gestão de RH, gestão financeira, marketing,
  • planejamento, qualidade.
  • Gráficas e editorial.
  • Joalharia e lapidação.
  • Logística: Distribuição, produção, suprimento.
  • Madeira e mobiliário.
  • Controle ambiental.
  • Metalmecânica: Fabricação mecânica, fundição, mecânica, metalurgia, soldagem.
  • Cerâmica.
  • Papel e celulose.
  • Petróleo e gás.
  • Plástico.
  • Química: Geral, petroquímica.
  • Refrigeração e climatização.
  • Saúde e segurança no trabalho.
  • tecnologia da informação: software, informática.
  • Telecomunicações e correio.
  • Têxtil.
  • Têxtil e vestuário.
  • Transporte aeronáutico.
  • Vestuário.

 

Como funciona?

Após se inscrever em um curso com inscrições abertas, você deverá pagar um boleto. O boleto é referente a prova de capacidade e deverá ser pago antes da data da prova, que será disponibilizado pela a unidade SENAI.

A prova servirá como uma bolsa, onde as melhores notas serão aceitas pela a instituição de ensino. Sendo assim caso você seja considerado de baixa renda, é possível solicitar a isenção da taxa e fazer a prova gratuitamente.

Entretanto ainda será necessário realizar a prova. Para se preparar veja o conteúdo da prova e estude.

 

Leia também:  Curso gratuito Excel: A Plataforma para criação de planilhas

Como me inscrever para os cursos livres SENAI?

Para fazer parte dos cursos livres SENAI você deverá se inscrever no mesmo, para isso você deverá:

  • Escolher o curso desejado no site do SENAI.
  • Escolha a instituição mais próxima e viável a sua localização e clique em “saiba mais”.
  • Na descrição do curso clique em “inscreva-se”.
  • Depois clique em “Eu tenho estes requisitos”.
  • Faça o registro de sua conta e pronto! Em pouco tempo você receberá mais informações via e-mail.

Caso o curso escolhido já tenha começado as aulas ou está fechado no momento você poderá encontrar em contato com a unidade SENAI.

Os dados sobre a unidade estará na descrição do curso  e com ele você poderá se informar sobre as datas de reabertura do curso.

Assim você evitará perder as inscrições novamente, pois estará com data previsto pelo próprio SENAI.

Outras oportunidades

Além dos cursos livres SENAI a instituição ainda oferece diversos cursos de diversos níveis, contudo no mesmo ramo, sendo eles:

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Quer receber vagas de emprego?

Sigam nossas páginas

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?