fbpx

Viagem a Trabalho: Entenda seu direito para essa atividade

Recebeu uma proposta de fazer uma Viagem a Trabalho e não sabe os seus direitos? Clique aqui agora e entenda melhor sobre esta modalidade de trabalho.

Trabalhar para uma empresa nos trás muitas obrigações, uma delas pode ser de fazer uma Viagem a Trabalho. Embora para alguns isso seja um sonho, para outros pode ser um terror.

Fazer uma Viagem a Trabalho não é 100% maravilho, porque ela trará muitos processos burocráticos no decorrer e fim da jornada.

Sendo assim você deverá acompanhar diversos valores, situações, pessoas e etc. Tudo dependerá da sua meta com essa viagem a trabalho, o que você foi fazer e a onde.

Nesta hora as duvidas que mais surgem é: Quais meus direitos nessa jornada, receberei por horas extras, deverei arcar com custos?

Enfim, são uma infinidades que iremos solucionar agora para você.

O que é a viagem a trabalho?

A Viagem a Trabalho é muito comum em muitas profissões, como se fosse algo rotineira, contudo para algumas não é muito comum.

O motivo de locomoção de um funcionário a outro estado ou país pode ocorrer por infinitos motivos.

Sendo assim considere: Visitar um cliente, acompanhar uma outra unidade da empresa, participar de uma reunião, acompanhar uma pessoa por algum motivo e etc.

Assim você poderá interromper suas atividades locais, para realizar uma em um novo lugar.

Essa proposta é bastante gratificante, pois a empresa irá te utilizar como forma de apresentação de toda uma unidade da sua empresa.

Assim, considerando-o como um profissional qualificado para realizar a Viagem a Trabalho.

Custos

Ao viajar muitos custos serão creditados, em muitos casos você terá que arcar, contudo alguns deverão ser obrigatoriamente já resolvido pela empresa.

Sendo assim considere que as diárias de viagem e passagem. Ambas devem ser pagas pela a empresa antes do trabalhador sair do seu local de residência.

Contudo algumas despesas de viagem a trabalho também devem ser pagas pela a empresa, porém devem seguir o bom senso. Sendo assim considere valores como de alimentação, transporte, cuidados de saúde e etc.

Leia também:  Emprego sem experiência: Saiba como conseguir seu 1º emprego

Desta forma gastos com roupas, acessório e desejos pessoais do trabalhador deverão ser pagos com o seu salário.

A empresa deverá assegurar o conforto mínimo para o trabalhador fazer a Viagem a Trabalho. Qualquer outro valor que foge dessa categoria deve ser pago pelo próprio trabalhador já que é um desejo pessoal.

Em alguns casos a empresa pode não pagar as condições mencionadas a cima, contudo elas deverão ser reembolsadas. Sendo assim considere os valores que devem ser pagos ou reembolsáveis pela a empresa:

  • Depreciação do veículo do trabalhador (quilometragem, combustível e lubrificantes).
  • Passagens aéreas, rodoviárias e ferroviárias.
  • Gastos com alimentação.
  • Diárias de hotéis, pensões ou qualquer tipo de hospedagem.
  • Despesas com transporte no local (táxis, Uber ou transporte público).
  • Ingressos e entradas em eventos corporativos.

Quando o pagamento ou reembolso deve ser feito?

Esses pagamentos devem ser feitos antes da viagem ou presentes na folha de pagamento do trabalhador.

Contudo esses valores só serão calculados para os benefícios da CLT caso os valores das despesas passem o valor de 50% em cima do salário do trabalhador.

Em outras palavras, se uma pessoa recebe R$1.000 e tenha gasto menos de R$500 em viagens o mesmo não irá aumentar seus benefícios. Seja ele INSS, décimo, férias e afins.

Contudo se os gastos forem superior a R$500 esse valor irá contabilizar no calculo de seus benefícios.

Esses valores deverão estar na folha de pagamento do trabalhador e o dinheiro deverá ser totalmente reembolsado ao trabalhador.

Contudo esses valores devem estar presente na declaração de Imposto de Renda do trabalhador clique aqui para saber mais. Lá ele deverá esclarecer da onde esse dinheiro veio e para que foi gasto.

Horas extras na viagem a trabalho

Neste caso as horas extras também terão efetividade dependendo da situação. Sendo assim, se não foi feito nenhum acordo ou esclarecimento e você trabalha por hora, você deverá receber pelas horas excedidas.

Sendo assim atente-se com o batimento de ponto na sua viagem pois o mesmo será necessário para a contabilidade de horas.

Leia também:  Afastamento INSS do trabalho: Saiba tudo sobre o seu direito

Para entender os valores que você deverá receber pelas horas extras, acesse clicando aqui.

Lembre-se que só é considerado hora extra de Viagem de Trabalho aquelas atividades que são exigidas pela a empresa para o trabalhador.

Em outras palavras, qualquer coisa que não é solicitado não é considerado horário de trabalho e será proveito do trabalhador sob a viagem a trabalho.

Contudo tenha em mente que a hora extra sob Viagem de Trabalho não é uma lei trabalhista clara.

Sendo assim, as empresas tentarão tirar o maior proveito disso, onde você poderá ficar prejudicado.

Entretanto como muitas vezes devemos transparecer competência, muitos profissionais não vão atrás de seus direitos.

Portanto se veja no direito de reivindicar os valores gastos na viagem a trabalho sem sua necessidade.

Desta forma você irá esclarecer para a empresa como a viagem a trabalho deve funcionar e poderá entrar em um consenso.

Economizando e aproveitando na viagem

Fora de seu horário de trabalho você terá todo o dinheiro de aproveitar a cidade da maneira que quiser.

Contudo você terá a responsabilidade de trabalhar nos dias combinados. Sendo assim, com organização dará para o trabalhador tirar muitos proveitos.

Tendo isso em mente é importante que você seja muito atento, pois qualquer problema que ocorrer você será penalizado.

Sendo assim a empresa irá perder a sua confiança, além de você correr riscos de saúde, acidentes e afins.

Contudo, caso você queira economizar, todo o dinheiro pago anteriormente para a empresa, para sua Viagem a Trabalho será seu. Sendo assim quanto mais você conseguir economizar, maior o valor que você ficará com a sobra dos gastos.

Para isso é importante que você faça um controle de gastos, de tudo que for gasto dentro da Viagem a Trabalho. Assim, sendo ela paga antes ou sendo reembolsada, você saberá exatamente os valores que deverão retornar.

Assim você garante que os valores retornados sejam justos e que você não gaste um valor a cima do que o necessário.

Para isso você poderá utilizar o Mobills que é um aplicativo de controle de finanças. Para saber mais clique aqui.

Leia também:  Folha de pagamento: Entenda todos os descontos