fbpx

Passe Livre Escolar: Saiba tudo sobre o seu direito

Estudar é um privilégio que todo ser humano deve ir atrás, contudo, nem sempre isso virá fácil a nós. Em muitos casos temos que enfrentar a distância, prazo curto e diversos outros problemas. Sendo assim, saiba que o governo oferece a todo estudante de baixa renda o Passe Livre Escolar.

Com o passe livre escolar os jovens estudantes de todo Brasil poderão pegar os transportes públicos com descontos de 50% ou até gratuitamente. Para isso será necessário passar por uma burocracia de documentos e comprovar a sua carência.

O Passe Livre Escolar oferece gratuidade ou 50% de descontos em transportes da CPTM e EMTU. Conduto se na sua cidade é utilizado outro tipo de transporte você deverá analisar se a mesma possuí disponibilidade no passe livre escolar.

O Passe Livre Escolar será um cartão, que ficará com o jovem durante sua jornada de estudo, o mesmo deverá ser atualizado e o jovem regulamentado em sua instituição de ensino.

 

O Passe Livre Escolar

O Passe Livre Escolar é um benefício do governo criado para auxiliar que jovens do país todo se dediquem aos estudos. O passe livre escolar poderá ser solicitado para jovens que decida fazer qualquer especialização, sendo ela:

  • Escola de nível regular.
  • Ensino Técnico.
  • Graduação.
  • Bolsistas.
  • Professores

Desta forma o Passe Livre Escolar irá fornecer passagens, de acordo com a quantia necessária pelo jovem até sua unidade de ensino. O valor não é exato, pois o benefício ainda concede cerca de mais 5 passagens, para caso o jovem se perca ou tenha que ir para outro lugar.

 

Documentação necessária

Para fazer o seu passe livre Escolar, você deverá passar por uma burocracia, onde, você deverá comprovar diversas coisas. Sendo assim considere a seguinte documentação a ser apresentada não só do jovem, mas de todos que moram com ele:

  • RG e CPF.
  • Carteira de trabalho ou comprovante de renda.
  • Título de eleitor.
  • Comprovante de matricula escolar.
  • Comprovante de residência atual.
  • Cadastro Único.

Esses documentos são solicitados não só do estudante, mas de toda a sua família. Isto ocorre, pois o governo precisa saber a renda mensal de toda a família, para saber se será necessário o passe livre escolar.

Leia também:  Trabalhador PJ: Descubra todas as vantagens desse contrato

 

Passe Livre ou Desconto?

Bom, isso pode trazer uma grande dor de cabeça para alguns. Desta forma, tenha em mente que o passe livre escolar e o desconto escolar seguem regras diferentes, onde, um será concedido apenas para alunos de baixa renda, e outro para todos os estudantes de escolar não particulares.

Sendo assim o Passe livre irá solicitar diversas documentações e burocracia, pois o mesmo deverá ser investigado com mais vigor. Contudo, o passe livre escolar será somente para pessoas que possuam uma renda menor que 1 salário mínimo por membro da família. Além disso, se você for um bolsista em alguma instituição, você também terá direito ao Passe Livre Escolar.

Contudo você deverá ter em mente que o passe livre escolar e o Descontos possuem características diferentes.

 

Passe Livre Escolar

– Disponibilidade de 4 passagens por dia.
– Disponibilidade de 27 passagens por mês.
– Atualização do documento deve ser feita periodicamente de 6 em 6 meses.
– Deve ser comprovado a situação do estudante em todas as atualizações, para saber se o mesmo tem direito ao benefício.
– O Cartão não poderá ser vendido ou emprestado.
– O cartão funciona como comprovante estudantil.

 

Desconto

– 50% de descontos no valor das tarifas de transporte público.
– Será necessário sempre recarregar o cartão para adquirir o desconto e poder utilizar.
– O cartão pode ser emprestado, contudo não poderá ser vendido.
– O Cartão serve para conseguir descontos de estudante.

 

Atualização e segunda via do Passe Livre

O Passe Livre Escolar deve ser atualizado de 6 em 6 meses, para que o governo veja se o estudante ainda terá direito ao benefício. Para isso o estudante deverá entrar em sua conta no site da SPtrans e atualizar todos os seus dados.

Ou então será necessário ir até um posto SPTrans, EMTU ou da empresa utilizada e atualizar esses documentos. De ano em ano será cobrado uma tarifa, que será paga por boleto pelo estudante. A mesma será no valor de 7 passagens, dependendo do valor do transporte que o estudante utiliza.

Leia também:  Imposto de Renda: Entenda tudo sobre

Entretanto, em caso de perda, roubo ou furto será necessário realizar um segunda via do Passe livre. Para a segunda via você deverá ir até um posto da empresa que lhe conceda o benefício e solicitar a segunda via.

A primeira via será cancelada e você deverá pagar a multa de perda para conseguir a segunda via.

 

Como consultar e carregar o crédito do meu Passe livre?

Ao encostar o seu cartão na catraca do seu transporte público, normalmente o valor ou quantia de passagens aparecerá no painel. Entretanto, muito postos e estações, possuem esse painel instalado.

Sendo assim você só precisará encostar o seu cartão e saber o seu saldo. Entretanto, caso o seu seja o bilhete escolar, será necessário recarrega-lo sempre. Para isso você deverá ir a uma unidade da empresa responsável pelo seu cartão, e pagar o valor em dinheiro que você deseja que seja atribuída ao seu cartão.

Em poucos minutos o valor cairá e você poderá utilizar o seu cartão.

 

Como fazer o Passe Livre escolar?

Bom, primeiramente você deverá entrar no site da empresa responsável pelo transporte na sua cidade. No caso de quem mora em São Paulo poderá entrar no site da EMTU clicando aqui, ou na da SPTrans clicando aqui.

Aconselhamos também que você estude o trajeto de sua casa até a sua escola, pois poderá ser necessário uma companhia diferente.

Você terá o prazo de Fevereiro até Julho para realizar o seu cadastro, portanto não perca!

No site você deverá ir atrás em como fazer um cartão de transporte e escolher a opção de estudante. Após isso será solicitado diversos documentos, que você deverá digitalizar ou tirar foto na melhor qualidade possível.

Todos os documentos e dados serão analisados, caso sejam aprovados, você poderá fazer o seu cartão. Será gerado um boleto, onde você deverá pagar uma quantia de mais ou menos 7 passagens. Assim o seu cartão será validado e você poderá dar continuidade no processo.

Após isso, será necessário ir até a instituição e solicitar que a mesma tenha te registrado corretamente na administração, isso porque o governo irá puxar esses dados.

Leia também:  Carteira de Motorista: Saiba tudo antes de tirar a sua

O seu cartão normalmente deverá chegar na instituição de ensino, na qual deverá ser recolhido na secretaria da mesma. Você deverá que assinar um documento, para comprovar que você pegou o cartão.

Agora, com o cartão em mãos, você precisará ativa-lo, onde possuí duas formas que dependem de cartão para cartão.

 

Em uma unidade

Em alguns casos, você deverá levar o seu cartão até uma unidade da empresa responsável por transporte e solicitar a ativação do cartão. Após isso, se for passe livre escolar é só utilizar o cartão.

No caso de cartão estudantil você deverá recarregar o cartão neste momento.

 

Na própria catraca

Alguns cartões de passe livre escolar são ativados na própria catraca. Sendo assim você deverá apenas colocar o cartão no leitor de 2 a 3 vezes, para que a todas as configurações finais sejam feitas.

Pronto! Será autorizado a sua passagem e você poderá usar o seu cartão sempre que quiser.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Quer receber vagas de emprego?

Sigam nossas páginas

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?