Trabalhador PJ: Descubra todas as vantagens desse contrato

Com o aumento de desempregados ficamos sujeitos a aceitar diversas condições de emprego, umas melhores, outras piores. Sendo assim considere as vaga de PJ (Pessoa Jurídica), pois nela. além de você ter um maior lucro, a empresa terá uma menor despesa.

Isso ocorre pois as vagas de Pessoa Jurídica é bem diferente das por CLT, sendo assim, ele fica por fora de diversos benefícios e as regras na qual o CLT exige.

Assim o trabalhador PJ é um trabalhador a parte da empresa, onde terá suas regalias e suas próprias formas de trabalho estipuladas em contrato/acordo. Desta maneira não ficando dentro da legislação da CLT e tento seu próprio acordo com a empresa.

Normalmente esse tipo de vaga tem um foco de contratação, onde se encaixa na dinâmica de trabalho dos seguintes profissionais:

– TI.
– Consultoria.
– Vendas.
– Engenharia.
– Corretagem.

Enfim… essas vagas onde o trabalhador precisa ficar se locomovendo bastante, ou que o perfil realmente trabalha de uma forma diferente dos demais trabalhadores.

O diferencial do PJ

Para os trabalhadores PJ não são considerados funcionários de uma empresa, os mesmos são considerados prestadores de serviços, desta maneira, sem vínculo empregatício.

Portanto é fundamental que seja feito um contrato, que será discutido sobre os benefícios e o que funciona melhor para a empresa e o próprio PJ. Desta maneira, a Pessoa Jurídica deverá abrir uma empresa e realizar um contrato de prestação de serviço, para que o mesmo fique dentro da lei.

Embora a Pessoa Jurídica não fique por dentro dos benefícios que o funcionário de CLT possuí, como 13º, INSS, FGTS, etc. O PJ irá ter mais flexibilidade em seus horários, maior salário pois não terá descontos, contudo precisando arcar com todas suas responsabilidades estabelecidas.

Por isso é feito o acordo, onde o PJ e a empresa deverá garantir a sua palavra e exercer com suas responsabilidades.

As vantagens e desvantagens de trabalhar como PJ

O trabalhador PJ deverá estar muito atento as sua situação dentro da empresa. Além disso ele também deverá ter em mente as vantagens e desvantagens de se trabalhar neste acordo. Sendo assim considere:

Vantagens

Salário

Quase todos os trabalhadores de PJ deverão informar o salário que deseja ao trabalhar. Sendo assim, considere que o valor para esse profissional costa ser 50% mais alto que os normais.

Isto ocorre pois esse profissional terá menos custos para empresa, onde não será necessário pagar diversas taxas, benefícios, tributos, etc. Sendo assim você poderá elevar o seu valor para que você repare a falta de benefícios.

Além disso, é muito comum para trabalhadores autônomos como cabeleireiros, pedreiros e afins. Que seja garantindo um salário mínimo, onde esse valor poderá aumentar de acordo com a % do trabalho feito pelo profissional.

Flexibilidade de horário

A Pessoa Jurídica não terá muitas obrigações com horários, não que ele poderá entrar a hora que quiser, mas terá uma maior tolerância. Essa tolerância será ainda maior se o PJ saiu para fazer alguma pesquisa ou atividade de trabalho.

Desvantagens

Benefícios

Se você foi contratado como Pessoa Jurídica tenha em mente que você não terá nenhum benefício de CLT. Ou seja, você terá dificuldades na aposentadoria, não receberá o 13º no fim do ano, etc. Contudo isso não é absoluto, como dito, o trabalhador como Pessoa Jurídica irá alinhar tudo em contrato, portanto, também podendo ter alguns benefícios.

Oscilações

As oscilações que o PJ passa são muito frequentes no ambiente de trabalho, algumas vezes possuí muitas atividades, outras vezes quase nenhuma. Enfim, nada é determinante como a sua permanência no trabalho.

Em muitos casos, em cortes por exemplo, esse tipo de profissional é o primeiro a ser cortado. Sendo assim é importante ter noções de sua situação e um ótimo controle financeiro.

O que é preciso para se tornar um PJ?

Se você ficou interessado, ou está sendo contratado para essa vaga, tenha em mente que será necessário realizar as seguintes tarefas:

Abrir uma empresa

Toda Pessoa Jurídica, para ser vista desta forma, precisa ter um CNPJ. O CNPJ é um cadastro de empresa, onde ficará confirmado que você é considerado empresa, devido seu trabalho.

Além disso você deverá definir no seu CNPJ as atividades que você realiza como profissional. Essa definição deverá ser feita de acordo com o CNAE. Desta maneira você poderá se oferecer como o profissional para aquelas atividades.

Abrir o MEI

Caso você receba menos de R$6.750,00 por mês você deverá fazer o registro do MEI. Contudo, para isso será necessário analisar se suas atividades estão autorizadas no portal do empreendedor clicando aqui.

Desta forma, você poderá pagar suas taxas de juros e aposentadorias corretamente, pois o mês irá cobrar a contribuição para o INSS. Desta forma, a empresa não pagará os benefícios, onde você deverá realizar esse pagamento. Assim você garante ficar dentro dos benefícios da Previdência.

Contratar um contador

Se você não for especializado nessa área ficar muito difícil ficar alinhado com todas as regras necessárias. Sendo assim um contador será fundamental para a sua jornada. Assim ele poderá fazer o seu CNPJ e a regularização do mesmo.

Além disso o contador será de grande ajuda com pendências, pagamentos e até se você estiver sofrendo alguma injustiça devido a falta de conhecimento no assunto.

Desta maneira o contador irá emitir as notas fiscais, gerar os seus boletos, declarar seu imposto de renda (para saber mais clique aqui), etc. Desta forma você ficará com menos obrigações, além de sua vida própria e seu trabalho.

 

Add Comment